21 de janeiro de 2013

20km - Cidade Universitária

Depois do temporal que esteve no sábado, domingo as coisas iam estar melhores e era altura de voltar a correr. A semana foi de balda e desde domingo passado que não corria.
Falei com o Vitório no sábado para ver se íamos juntos, mas por questões de logística familiar, este fim de semana dava-me jeito ir mais tarde que o habitual e como isso ia atrapalhar os planos dele, decidimos cada um fazer o seu treino. Pensei em fazer 20km para ver como as pernas estão, porque no próximo fim de semana vem aí o G. P. Fim da europa e vão ser 17km muito puxados em termos de percurso. Vi que de casa até ao Estádio Universitário eram cerca de 9km, por isso, com mais uma voltinha por lá e o regresso completava os 20km que tinha planeado.
Saí por volta das 10h e tentei manter um ritmo calmo para não quebrar muito no final. Como ia de phones não tomava muita atenção quando a minha treinadora do endomondo me indicava que tinha completado mais um km. Ia apenas a controlar as horas no relógio e a fazer contas de cabeça. Ao chegar à Cidade Universitária, vi que havia muita gente a correr e até a andar, o que é sempre bom, mas é algo estranho para mim, porque como costumo correr bastante mais cedo, cruzo-me com pouca gente e acho normal o pessoal cumprimentar-se. Com aquela quantidade toda de gente ali seria estranho dizer bom dia a todos os que comigo se cruzaram, para além de nem ter depois fôlego para o resto da corrida.
Já no caminho de regresso, quando estou a chegar à Pontinha, vejo um homem na casa dos 45 anos, com um fato de treino vestido e parado junto ao passeio. Ao passar por ele pergunta-me “Vais para onde?”, “Odivelas.” Respondo eu a pensar “Se calhar é demasiado para ti e não vais querer ir”.
Juntou-se a mim e aí percebi logo que me tinha enganado completamente. Estava ali um verdadeiro atleta. Disse-me que já ia com 1h15m de treino mas como estava a correr sozinho, viu-me ao longe e resolveu parar para me acompanhar. Está a treinar também para a meia-maratona da ponte 25 de Abril e que já a fez muitas vezes. Falou que já não corria há algum tempo e que resolveu voltar agora às corridas. Falámos de muitas provas, que eu quero ir e ele a dizer que já tinha feito essas todas.
Foram 4km em que tive companhia e foi bastante agradável, apesar do ritmo ser bastante elevado, e para o final às conversas do meu companheiro de corrida, eu só conseguia abanar a cabeça e dizer uns “ah, pois”, “sim” e pouco mais. Ao (meu) km 18 seguimos caminhos diferentes e foi a minha sorte, porque acho que aquele ritmo ia cair para o lado antes dos 2km que faltavam. Aproveitei para baixar bastante o ritmo e esses dois últimos kms fiz a 5m41s e 5m32s respetivamente.

Feitas as contas, deu:
Distância: 20,14km
Tempo: 1h43m23s
Média da Passada: 5:08 m/km

14 comentários:

  1. Excelente treino Tiago, com um ritmo bem forte.
    A questão da "âncora" fica arrumada aqui. :P

    A ver se combinamos com o teu "amigo" do Vale Grande uns treinos, indo ele marcar o ritmo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tá bem tá. O "amigo" João é de outro campeonato.

      Eliminar
  2. Estás com uma passada, vai lá vai
    20 kms a 5.08'' é de homem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi do frio e do vento. Fez-me correr mais depressa. :)

      Eliminar
  3. Grande treino. E a um ritmo excelente.
    Chegas ao Fim da Europa e fazes uma excelente prova :)
    Boas corridas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Isa. O Fim da Europa é para disfrutar da prova e da paisagem. Não vou com objetivos de tempo.
      Bjs e até domingo.

      Eliminar
  4. Boas, lá está, é como eu digo, com companhia estes longos fazem-se muito melhor. Excelente treino. Aproveito para te desejar uma boa prova a desfrutar.
    Abraço e bons treinos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida Carlos. Treinos longos tem de ser com companhia. É totalmente diferente.
      Abraço e boas corridas.

      Eliminar